Stephen King

Escritor americano nascido em 21/09/1947 em Portland (Maine), Stephen Edwin King pode ser considerado como "O Mestre do Horror Moderno", devido ao seu notável talento em escrever livros e contar histórias recheadas com elementos sobrenaturais. Sua obra literária alcançou um sucesso e reconhecimento tão grande, que foi traduzida para mais de 35 países e dezenas de suas histórias foram adaptadas para o cinema e televisão, tornando-se um dos autores mais filmados na história do cinema de horror, ao lado de outros mestres como Edgar Allan Poe, H. P. Lovecraft e Clive Barker.

No começo de 1959, ele iniciou suas atividades literárias editando um fanzine local chamado "Dave´s Rag" juntamente com seu irmão mais velho David. Com baixa tiragem e utilizando recursos modestos de produção, eles reproduziam o jornal com o auxílio de um mimeógrafo e distribuíam na cidade onde moravam, Derham. Em 1963, com a ajuda do amigo Chris Chesley, King publicou uma coleção com 18 contos sobrenaturais chamada "People, Places, and Things - Volume I", vindo um ano depois a publicar de forma amadora o livro "The Star Invaders". Aos 18 anos de idade, Stephen King teve seu primeiro trabalho publicado, o conto "I Was a Teenage Grave Robber", na revista "Comics Review". Em 1967, ele teve sua primeira história vendida, "The Glass Floor", para a revista "Startling Mystery Stories".

Em janeiro de 1971, o escritor casou-se com Tabitha Jane Spruce, com quem vive até hoje. Ela foi a responsável pelo marido terminar de escrever o livro "Carrie", cujo projeto tinha sido abandonado por ele antes da conclusão. Publicado em 1974 e transformado em filme dois anos depois nas mãos do diretor Brian De Palma, a história de uma adolescente com poderes telecinéticos que se vinga mortalmente dos colegas de escola que a desprezavam, foi um grande sucesso de bilheteria e impulsionou de forma avassaladora a carreira de Stephen King, que a partir daí iniciou uma overdose de lançamentos de livros como "A Hora do Vampiro" (1975), "O Iluminado" (1977), "A Dança da Morte" (1978), "Sombras da Noite" (contos, 1978), "Zona Morta" (1979), "A Incendiária" (1980), e muitos, muitos outros mais, com a maioria sendo adaptada e transformada em filmes.

Atualmente, Stephen King vive com sua esposa e três filhos em Bangor, no Maine (Estado americano onde a maioria de suas histórias são ambientadas), e com mais de 300 milhões de livros em publicação pelo mundo, ele continua escrevendo e também emprestando seu talento para o cinema.

 

Livros publicados no Brasil: "Carrie", "Christine", "A Coisa", "O Iluminado", "A Dança da Morte", "Trocas Macabras", "A Maldição do Cigano", "Os Estranhos", "A Metade Negra", "O Cemitério", "Desespero", "Jogo Perigoso", "Love - A História de Lisey", "A Hora do Lobisomem", "A Hora do Vampiro", "Quatro Estações", "Tripulação de Esqueletos", "O Apanhador de Sonhos", "Os Livros de Bachman", "A Incendiária", "Angústia", "Cão Raivoso", "O Talismã" (com Peter Straub), "A Casa Negra" (com Peter Straub), "A Zona Morta", "Celular", "Dança Macabra", "Eclipse Total", "Escrever", "Insônia", "Saco de Ossos", "À Espera de um Milagre" (também conhecido como "O Corredor da Morte), "Os Olhos do Dragão", "Pesadelos e Paisagens Noturnas", "Rose Madder", "Sombras da Noite" "Tudo é Eventual", "Buick 8" e a série "A Torre Negra. King publicou, ainda, sob o pseudônimo Richard Bachman, os livros "Os Justiceiros", "O Concorrente" e "A Auto-Estrada".

 

Fonte: bocadoinferno.com.br

Tópico: Stephen King

Nenhum comentário foi encontrado.

Novo comentário

Biblioteca Sombria